Sobre acessibilidade

Áreas

Abas primárias

O plantio de mudas e debates sobre a importância da preservação do meio ambiente marcou a manhã desta terça-feira, 07, nas Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa-PA), em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no domingo dia 05 de junho. Os servidores plantaram mudas da espécie florestal como o Ipê, Pau Preto, Açaí e as ornamentais, Clorofito,  Bredo, espada de São Jorge e Alpinia em espaço verde do complexo das Centrais. O objetivo é chamar a atenção sobre os graves problemas relacionados ao meio ambiente e a importância da preservação dos recursos naturais.

A Chefa do Núcleo de Planejamento e Projetos (NPP), Elci Bosque, conduziu atividade educacional mostrando como separar lixo orgânico do reciclável. "Cada pessoa pode atuar de forma significativa para ajudar a preservar o meio ambiente. Podemos mudar algumas atitudes em nosso dia a dia, como o simples separar o lixo orgânico que é alimento dos recicláveis, como por exemplo, garrafas, papel ou alumínio. E o principal, não se jogar alimento fora, o desperdício de alimentos causa impactos graves ao meio ambiente e sem nenhum benefício de alimentar quem precisa”, destacou.                       

A advogada Mariana Rocha, do setor jurídico da Ceasa-PA, falou sobre a política nacional do meio ambiente que tem como objetivo geral a preservação, melhoria e a recuperação da qualidade da vida ambiental. "É preciso assegurar essas condições, desenvolvimento sócio econômico aos  interessados da segurança nacional e a proteção da dignidade e da vida humana", disse ela, explicando ainda que existe a legislação que dispõe sobre  sanções penais e administrativas, derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. "Temos a Lei 9.605/98, que justamente, trata das questões ambientais e a importância da preservação dos recursos naturais", alertou.

O servidor Lucas Feitosa disse que preservar os recursos naturais é preservar a vida humana. "Precisamos ter a consciência de que preservar o meio ambiente é preservar a nossa própria vida. Somos todos de um único planeta e esse planeta precisa de nós, vamos fazer nossa parte", enfatizou. 

O diretor-presidente da Ceasa-PA, Francisco Alves de Aguiar, explica que a data não deve ser apenas comemorativa, mas de importância vital para a preservação dos recursos naturais na prática. “É uma responsabilidade compartilhada com todas as esferas sociais e governo na busca de soluções. O desperdício de alimentos, por exemplo, infelizmente, ainda é uma realidade a ser vencida, e é importante frisarmos a relevância de projetos como o Banco de Alimentos e a Compostagem. Estamos operacionalizando políticas públicas para contribuir com o bem estar das pessoas e também com a saúde do nosso planeta”, arrematou.